quinta-feira, janeiro 12, 2006

Anna


A minha sobrinha Anna faz 7 anos no domingo.

A Anna não gosta de bonecas, nem de vestidos, nem de saias e cor-de-rosa, só se for no pijama! Adora action's man's e aqueles piões marados, que a tia não sabe como se escreve... Gostava de ser um rapaz e, provavelmente, chegar a jogador da selecção nacional!

O meu filho Zé gosta muito de bonecas, mas agora de uma forma mais "distante" (só quando vai "brincar com as miúdas"), pois já se apercebeu que na nossa sociedade continuamos a criar os meninos para a guerra e para o trabalho, e as meninas para serem boas mães e boas donas de casa, não aceitando facilmente desvios... Por inacreditável que possa parecer a quem tem uma mente sã, o Zé, com apenas três anos na altura, foi interpolado por um senhor num supermercado por levar uma Barbie na mão, com um comentário deste género "olha lá, tu és uma menina?!"... O que vale é que o Zé, ainda tão inocente e de tão tenra idade, não lhe ligou nenhuma!

Para mim, a minha sobrinha e o meu filho não são desvios, mas sim putos com direito a ser o que bem lhes apetecer! E como ouvi uma vez de uma amiga minha, "Como é que querem que os homens ajudem na cozinha, se os proibem de brincar às casinhas quando putos?!"

Bem, tanta conversa para vos mostrar o que vou oferecer à minha sobrinha... Eu não a quero forçar a gostar de bonecas, mas acho que ela não vai resistir à sua sósia de pano, criada pela Rita Pinheiro (a foto é da autora)!

Ok Rita, a próxima será para o Zé!

Maninha, nada de mostrar à miúda!

4 comentários:

ritapinheiro disse...

Luísa, gostei de rever a Anna( foi um desafio! Espero que a tua sobrinha goste). Adorei o texto! Acho que tens muita razão, querem-nos todos bem formatados; mas olha: O teu Zé, não é o único menino a gostar das minhas bonecas...( que pouca modéstia)
Um beijinho

luisa lourenço disse...

Das bonecas Beldroega, todos gostam!

Luis Olival disse...

:)))))

miriam disse...

tenho uma sobrinha exactamente igual! =)
é bom que eles sejam diferentes, faz com que cresçam sem preconceitos!

lindo o texto. =)