segunda-feira, abril 10, 2006

Um cigarrinho...

Começo por dizer que não fumo. E concordo que quem fuma não pode incomodar os outros que não fumam. Concordo que não se fume em locais públicos como hospitais, escolas, serviços de interesse geral, museus e que noutros locais, também públicos, como cafés e restaurantes, seja exigida uma zona de fumadores e não fumadores, perfeitamente arejada para os dois casos.

Mas, também acho que os fumadores não são criminosos e têm o direito de gozar o seu cigarrinho, porque lhes dá prazer (seja vício, ou não) e lhes sabe bem... Acho absurdo alguém comprar um maço de tabaco e este ter escrito em letras garrafais: FUMAR MATA! Não bastava a advertência, em letras proporcionais ao tamanho do maço, de que o tabaco é prejudicial à saúde?!

A semana passada ouvi na rádio que se pôs em hipótese a utilização de fotos de doentes em fase terminal de cancro do pulmão nos maços de tabaco!... Para mim seria puro mau gosto.

Deixe-se quem quer fumar um cigarrinho o faça e tenha prazer ao fazê-lo. Não acredito que este tipo de publicidade desmotive alguém, nem tão pouco os jovens. Acho sim, que a publicidade de jovens rapazes e raparigas bastante cool's que não fumam resulta mais... "O Tiago tem 15 anos, faz skate, ouve música muito fixe e não fuma!"

1 comentário:

Teresa Queiroz disse...

Concordo inteiramente contigo.

Deveria ser proibido...proibir.

bjs